Kris Meeke vence Rali de Portugal

Kris-MeekeKris Meeke (Citroen) não facilitou na última especial, em Fafe, e venceu o Rali de Portugal, gerindo nas quatro especiais deste domingo a liderança que havia conquistado na sexta-feira. Este foi o primeiro triunfo de Meeke em Portugal.[…]

“Rali quase perfeito. Obrigado à equipa e especialmente ao meu engenheiro. Este ano é para ganhar experiência. Tivemos uma boa posição na estrada mas não podia fazer mais. O DS3 continua a ser um carro muito bom. Estou entusiasmado com 2017”, referiu Meeke.

Os números e as estatísticas que a vitória de Kris Meeke no Vodafone Rally de Portugal representa:

  • É a segunda vitória do piloto britânico no WRC (a primeira foi na Argentina 2015). É a quinta vitória britânica em 50 edições de rali, ou seja, 10 por cento dos triunfos são de pilotos provenientes da Grã-Bretanha.
  • É o quarto piloto a ganhar (Colin McRae venceu em 1998 e em 1999, Richard Burns ficou em primeiro em 2000 e Tony Fall triunfou em 1968)
  • É o primeiro piloto britânico a ganhar em 16 anos.
  • Segunda vitória do DS3 WRC em Portugal. A primeira aconteceu em 2011.
  • Oitavo triunfo da Citroën em Portugal. Iguala a Lancia.
  • Mais longo interval de vitórias de uma marca: 1969 (Citroën DS Proto) a 2016 (Citroën DS3 WRC)
  • Vitória impede Volkswagen Polo WRC de igualar o Lancia Delta Integrale e o Fiat 131 Abarth em número de triunfos.
  • Quebra série de três vitórias consecutivas (2013, 2014 e 2015) do Polo WRC.
  • Impede Ogier de igualar os cinco triunfos de Markku Alen, um recorde na prova.
  • Ogier falha a 50ª vitória da carreira no WRC.
  • Meeke é o terceiro piloto diferente a ganhar em três anos.
  • O britânico é o quarto piloto a vencer na temporada de 2016 (Sébastien Ogier ganhou em Monte Carlo e na Suécia, Jari-Matti Latvala venceu no México e Hayden Paddon ganhou na Argentina).
  • O Citroën DS3 WRC é o terceiro carro a ganhar em 2016 depois das vitórias do Volkswagen Polo WRC (Monte Carlo, Suécia e México) e do Hyundai i20 WRC (Argentina).

Andreas Mikkelsen foi segundo, Sebastien Ogier terceiro, que ficaram a 29.7s e 34.5s, respetivamente. O francês, de resto, leva os três pontos extra pela vitória na Power Stage, a última passagem por Fafe, onde bateu os colegas de equipa Jari-Matti Latvala e Mikkelsen por 1,2 e 2 segundos, respetivamente.

Classificação final:
1. Kris Meeke (Citroen), 3h59m01.0s
2. Andreas Mikkelsen (Volkswagen), +29,7s
3. Sebastien Ogier (Volkswagen), +34.5s
4. Dani Sordo (Hyundai), +1m37.1s
5. Eric Camilli (M-Sport), +4m01.6s
6. Jari-Matti Latvala (Volkswagen), +4m06.9s
7. Mads Ostberg (M-Sport), +6m53.6s
8. Martin Prokop (Jipocar), +10m24.1s
9. Pontus Tindemand (Skoda Fabia), +11m45.2s
10. Nicolas Fuchs (Ford Fiesta), +13m14.0s

Algumas Imagens do Rally de Portugal:

 rally_portugal_01

rally_portugal_02

rally_portugal_03

rally_portugal_04

rally_portugal_05